South America

Trump dá luz verde à Turquia para outro ataque aos curdos

0

7/10/2019, Moon of Alabama

Hoje cedo o presidente Donald Trump dos EUA apareceu com uma surpresinha para os curdos na Síria:

Hoje, o presidente Donald J. Trump falou pelo telefone com o presidente Recep Tayyip Erdogan da Turquia. Em breve, a Turquia estará avançando no norte da Síria, com operação há muito planejada. As forças armadas dos EUA não apoiarão nem se envolverão na operação. As forças dos EUA, tendo já derrotado o ‘califado’ territorial do ISIS, não permanecerão na área contígua. (…) A Turquia será agora responsável por todos os combatentes doISIS capturados naquela área ao longo dos últimos dois anos, depois que os EUA derrotaram o ‘califado’ territorial.

Nem se pode dizer que seja surpresa. Trump tentou várias vezes tirar os EUA da Síria, e só foi contido pelos borgs norte-americanos armados. Em dezembro passado, o então secretário de Defesa James Mattis renunciou, quando Trump ordenou a retirada dos soldados dos EUA q estavam na Síria. Não creio que, agora, aconteça coisa semelhante.

A Turquia há muito tempo queria cruzar a fronteira da Síria a leste do Eufrates. Os turcos veem o grupo da resistência curda YPG, com quem os EUA aliaram-se para a guerra contra o ISIS, como ameaça à Turquia. O que se justifica e faz perfeito sentido.

https://www.moonofalabama.org/images9/erdoganun-s.jpg

Mapa: Ampliar

Erdogan quer tomar uma faixa de 30 km de profundidade, que inclui a rodovia M4, que corta essa área na direção oeste-leste.

Mas a área de fronteira que Erdogan marcou é habitada por cerca de 850 mil pessoas. A maior parte dos quais são curdos.

https://www.moonofalabama.org/images9/borderzone-s.jpg

Mapa: Ampliar

A Turquia aspira a substituir esses curdos com os gângsteres sírios que Erdogan armou e apoia contra os soldados do Exército Árabe Sírio. Essas sírios, inclusive as famílias, vivem atualmente na Turquia. Levar essa população para o norte da Síria seria uma das maiores operações de ‘limpeza étnica’ de tempos recentes.

Como diz o ditado, “Os únicos amigos dos curdos são as montanhas.” Mas não há montanhas no nordeste da Síria. Por mais que o YPG deseje resistir contra uma invasão turca, há mínimas chances de serem bem-sucedidos. O terreno é plano, e as forças do YPG só têm armas leves.

Curdos têm de pedir que o Exército Árabe Sírio volte ao nordeste do país

Para os curdos só resta uma saída: fazer contato com o governo sírio e pedir a volta do Exército Árabe Sírio ao nordeste. Com isso se acabariam as preocupações dos turcos, o que provavelmente evitará novos movimentos da Turquia.

Quanto à segunda parte da declaração de Trump, de que a Turquia ficará responsável por combatentes do mantidos presos e respectivas famílias, não é coisa que se leve a sério. Esses campos de prisioneiros estão muito além da zona de fronteira à qual Erdogan aspira.

Fonte: ISW – Para ampliar

Há muito tempo prevê-se que os curdos serão os maiores perdedores da guerra dos EUA contra a Síria. Já perderam Afrin no noroeste, numa invasão turca. Será que repetirão o mesmo erro e outra vez resistirão contra o governo sírio? Deve-se esperar que respondam com mais inteligência. Mas eu não apostaria nessa possibilidade.*******

QNavy
QNavy is a pool a 3 former Navy Officers, U.S. Navy & French Navy, who served proudly their countries, specialized in conflict analysis as per their respective skills & experience on Special Ops. #NavyVetUnited

Guerra silenciosa EUA x Irã está sendo convertida num “levante iraquiano”

Previous article

Donald Trump Jr LIVE

Next article

You may also like

Comments

Comments are closed.